A mostra Darwin: Origens e Evolução apresenta a trajetória do biólogo inglês, contextualizando o processo para elaboração da teoria da evolução das espécies. A exposição conta esta história usando como base 332 peças de acervos de história natural, obras de arte, instalações criativas e um ambiente imersivo com trilhas sonoras e peças criadas especialmente para a mostra. Com curadoria do estúdio M’Baraká, a mostra fica em cartaz até 30 de dezembro de 2021.

O artista Tiago Sant’Ana participa com a obra Cana Coluna, na qual realiza cópias de cana-de-açúcar em gesso como um tática de fossilizar esse material orgânico.  “Metaforicamente, a eternização das canas não deixaria que as memórias da plantação e suas consequências nas estrutura social brasileira fossem esquecidas e apagadas da história”, comenta o artista.

Para saber mais sobre a mostra acesse o site.