Galeria Leme

English Instagram
+ Exposições

Colour on Paper

26.06.14 _ 16.08.14

Lucia Nogueira

A Galeria Leme apresenta “Colour on Paper”, uma exposição que reúne trabalhos abstratos sobre papel, selecionados pelo artista britânico, David Batchelor.

“Eu me apaixonei pela arte abstrata desde que entrei na faculdade de Belas Artes há mais de 40 anos atrás. Quando comecei a trabalhar com cor, há cerca de 20 anos, percebi que a arte abstrata tinha oferecido muitos dos melhores exemplos de vivacidade da cor para a Arte. Isto acontece porque nestes trabalhos a cor existe como ela mesma, sendo independente de qualquer perspectiva, modelos e dos requisitos de representação. Também, sempre adorei trabalhar sobre papel, onde a arte se encontra em sua forma mais experimental, informal e inconsciente.

Nesta exposição eu quis unir essas três paixões: a Cor, o Papel e a Abstração.

Há uma grande tradicão destes de trabalho no Brasil, dos anos 1950 até a atualidade. Ao mesmo tempo, muitos dos artistas no Reino Unido, Europa e America que conheço, são inspirados por este mesmo tipo de trabalho.

A exposição traz um encontro de gerações, apresentando trabalhos desde os anos 1950 até o presente. De artistas brasileiros, como Afredo Volpi, Hélio Oiticica e Willys de Castro, até obras de artistas contemporâneos, como Polly Apfelbaum (EUA), Jim Lambie (RU), Eva Rothschild (RU) e Mauro Piva (Brasil). Serão exibidos desde trabalhos improvisados, em pequenas dimensões, até estudos de cor e diagramas, além de colagens, fotografias e pinturas.

A exposição tem como objetivo, examinar e celebrar a continuidade e diversidade da cor sobre papel nos últimos cinquenta anos.”

David Batchelor, Março 2014

Sobre David Batchelor:

Artista e escritor baseado em Londres. Nasceu em Dundee, Escócia (1955).

Entre suas exposições destacam–se Flatlands, Fruitmarket Gallery, Edinburgo/Spike Island, Bristol (2013/14); Magic Hour, Gemeentmuseum, Haia, Holanda (2012); Slugfest, Galeria Leme, São Paulo (2012); Chromophilia: 1995-2010, Paço Imperial, Rio de Janeiro (2010); Color Chart, MoMA, Nova Iorque (2008) e Tate Liverpool (2009); Unplugged, Talbot Rice Gallery, Edinburgo (2007); Extreme Abstraction, Albright Knox Gallery, Buffalo, Nova Iorque (2005); Biennial de Santiago, Chile (2005); Shiny Dirty, Ikon Gallery, Birmingham (2004); 26ª Bienal de São Paulo (2004).

Autor dos livros The Luminious and the Grey (2014), Colour (2008), Minimalism (1997), Chromophobia (2000), como artista publicou o livro Found Monochromes: vol.1, nos.1-250 (2010).